Pesquisar este blog

Translate

6 de dez de 2016

Mais sobre freios à disco

Ainda está quente a discussão sobre a migração das equipes profissionais para os freios à disco em bicis de estrada. 

Melhor... entre os donos das equipes, não deve haver mais discussão nenhuma, pois as equipes sobrevivem dos patrocínios  e, atualmente, eu diria que 100% dos patrocinadores de marcas de componentes que possuem versões disco para freios em estradeiras, QUEREM que as equipes profissionais adotem os disco. Sem contar o loby fortíssimo nessa bicis do tipo Gravel bike...

Já, entre os atletas profissionais, que são, em tese, as pessoas que levam nas costas pernas estas mesmas equipes, o assunto não é tão bem resolvido assim.

Vide esta pesquisa realizada entre estes profissioanais sobre a adoção dos novos equipamentos:

Artigo /pesquisa (em inglês)


Não vou traduzir tudo, apenas os resultados obtidos (entre cerca de 550 profissionais):


- Menos de 16% deles desejam/ aceitam retornar aos testes sob as condições

assumidas pela UCI.

- Quase 44% aceitariam testes, desde que atendidas as condições solicitadas pela CPA (Cyclistes Professionnels Associés) - a CPA quer discos cobertos para prevenir queimaduras em caso de quedas coletivas, e apenas se todos os atletas estiverem utilizando o equipamento;

- 40% do corredores simplesmente NÃO QUEREM os discos.