Pesquisar este blog

Translate

18 de jun de 2013

Dicas da pista

O lado de dentro de uma curva sempre será o mais "limpo', enquanto que o de fora será o mais "sujo".

4 de jun de 2013

Sobre rodas aerodinâmicas

Lá vem os caras de novo...



Taí uma reportagem bem extensa e bem recheada de dados técnicos, bem do jeito que o consumidor ciclista aficcionado "informado e moderno" gosta... na medida para convencer qualquer um com $$$$ no bolso que ele não pode sobreviver sem aquele produto alí.

Quero deixar claro que não estou contestando qualidade nem mérito da engenharia e do design. Nem afirmo que o produto não funcione de fato, ou que seja um engodo. Cada um é livre para ter suas próprias opiniões e decidir onde enterrar o seu dinheiro. Exponho, apenas a minha visão e opinião sobre  o que leio.

Vamos aos fatos...

1 - O sítio é um entre os quais tenho mais consideração por aí, pela abrangência das notícias, cobertura das novidades e tals, porém continua dependendo dos seus anunciantes para sobreviver, e isso não é pouca coisa. Imagino quanto não devem ter recebido para "postar" a longa reportagem, o que significa que o articulista fica de mãos amarradas, né? Ou não, não sei - apenas especulando...

2 - Esta massa de informação técnica, contando inclusive com a citação de uma "equação-matemática-para-avaliar-o-desempenho-aerodinâmico-das-rodas" é muito útil, de fato - esclarece o quanto de trabalho o pessoal teve para desenvolver o novo produto e justifica os altos preços que vão cobrar das vítimas do marketing.

Mas identifico aí algumas "pegadinhas", tipo:

 - Adoram túnel de vento, mas esquece-se de informar que o ar, na rua - onde a maioria dos mortais (e também dos pros) pedala diariamente, seja qual fora  situação, ele não é homogêneo como numa situação de laboratório. Se pudéssemos, digamos assim, "enxergar" o ar ao nosso redor, ele se apresentaria como uma massa meio disforme, cheia de buracos e imperfeições, se movendo de modo aparentemente errático, mesmo que a massa como um todo se desloque numa única direção (o vento). Lembre-se sempre das distorções que o ar quente que sobe do asfalto geram na visão no horizonte.

Fiz esta volta para lembrar que os dados gerados situação de laboratório, apesar de cientificamente corretos, NUNCA são uma reprodução fiel do ambiente real.

- Outra sobre o túnel de vento. Acredito que soprar ar sobre um objeto parado não seja a mesma coisa que deslocar este objeto através de  ar no ambiente natural, seja parado, ou em movimento. Exemplifico: Imagine-se um projétil de arma de fogo. Imaginou este projétil sendo disparado por uma arma e atingindo um alvo, um corpo humano, digamos. Agora imagine-se este mesmo projétil parado, estático, e o mesmo corpo humano sendo arremessado de encontro ao projétil. Não sou cientista, mas parece que acontecem coisas diferentes, beeeem diferentes nos dois casos.

- Outra coisa, o percentil de importância do arrasto aerodinâmico das rodas (alí fala em 8% do conjunto bike + ciclista...) , considerado o conjunto bici + ciclista - vejam que aquela bela foto da bici no túnel de vento não tem nenhum cilista em cima.

- E a questão do pelotão? OK, se o ciclista só roda sozinho, a tal roda é a maravilha do século. Senão, e considerando-se ser uma roda "Top Top", o cara vai utilizá-la na competição, não é mesmo (no treino também, vá lá)? Portanto, vai rodar no pelote, a não ser que sejo "o cara". Nesta condição, a vantagem da aerodinâmica é nula e , portanto, perde-se.

Aqui um artigo que vai na mesma linha que explorei,  e mais este outro aqui.

- Outra coisa,  segundo me consta a UCI não admite recursos tais como carenagens de qualquer tipo na bici. Para mim, estas "fitas" que prendem no aro são, sim, carenagens. Não sei como fica isso legalmente.

Enfim, concordo com o artigo no sentido de que , se o cara tem a grana, se o cara tem as pernas (os testes do artigo prevêem um rendimento superior quando a velocidade for acima das 25 milhas /h - isso da mais que 30 km/h!!!!) e for triatleta, bom para ele adquirir um jogo destas rodas aí. E ainda por cima, via estar "na moda", já que a moda é o lance da aerodinâmica.

3 de jun de 2013

Precauções

Prezados leitores e visitantes, tendo recebido aviso de site perigoso ao acessar meu próprio blog, tive o cuidado de remover um link possivelmente distribuidor de  malware. Não era de meu conhecimento tal fato, portanto peço desculpas se o tal link possa ter causado algum desconforto.