Pesquisar este blog

Translate

29 de jul de 2011

"Campagnolizando" a estradeira


Etapa I - aquisição

A minha bici de estrada é um projeto em andamento. Ela nunca está "finalizada"! Mesmo que me considere um consumidor bastante moderado, sempre estou de olho em boas ofertas que possam valer à pena e melhorem / modernizem a bici.

Também conta a vontade de uniformizar alguns componentes com  a mesma marca. Gosto muito do desempenho dos meus atuais freios Shimano RX 100. Por outro lado, a marca Campagnolo sempre me atraiu mais, seja pelo apelo visual, seja pelo desempenho.

Assim foi com esse jogo de freios. Paguei menos da metade do preço habitual para o modelo - Campagnolo Veloce skeleton dual. A única ressalva ficou por conta da loja, pois a mesma anunciava no seu sítio que as peças em estoque eram na cor preta - a qual cairia perfeitamente na minha bici. No entanto, surpresa!!!! As peças vieram na cor prata... o estranho é que mesmo a embalagem indica a cor preta (ver primeira foto),  hehehehe. Acho que estes irlandeses têm um pouco de Brasileiros também!!!! Enviei um email para verificação de estoque da peça na cor preta, mas o item foi descontinuado, ou seja - a troca seria impossível. Então fiquei com estes mesmo, pois a cor prata também se adequaria ao conjunto.

Blábláblá marketeiro à parte, a principal vantagem alegada pelo fabricante do modelo que adquiri reside na utilização de freios diferenciados, ou seja: a pinça dianteira utiliza o conhecido e eficaz sistema de dois pivôs (o mesmo dos meus atuais RX 100, garantida a eficiência). Enquanto isso, o traseiro utiliza apenas um pivô. A justificativa é razoável, afirmando que o freio dianteiro é muito mais solicitado (em força) nas frenagens do que o traseiro.

OK, OK, o fato é que eu gostei. Aguarde-se a montagem e o teste. 


No sublinhado, a cor desejada -ao menos a intenção foi esta


O design é muito bonito, veremos o desempenho

O freio traseiro é de um pivô, apenas. O dianteiro é de dois pivôs

Nenhum comentário: