Pesquisar este blog

Translate

25 de abr de 2011

Sapatas de freio

Houve por bem de não estragar o aro traserio que eu trocasse as sapatas do freio. Muito comenta-se sobre peças e sua durabilidade. Pois bem, estas eram as sapatas originais da bici, com + - uns 10 anos de uso - isso na roda traseira. Atribuo esta durabilidade à qualidade do material, mesmo não sendo peças "de marca"; a constante e boa regulagem, idem ajudaram. Mas creio que o principal motivo do lento desgaste foi devido ao tipo de acabamento do aro. O aro é de alumínio, também sem marca definida, mas muito bem construído e o seu acabamento é liso, ou seja, diferentemente dos "modernos" aros com laterais usinadas, os meus não sofreram qualquer tratamento.

Diz-se a lateral usinada auxilia na frenagem... bom, nunca houve ocasião em que não consegui parar a bici, mesmo na chuva...

Fato é que senti, um dia, metal roçando no aro traseiro e constatei a necessidade da troca de peças. 

Então, seguem as imagens:

Ferramentas utilizadas e o estado das sapatas. Notar o metal que já aparece numa das
 sapatas...


As sapatas novas. Marca desconhecida, mas material muito bom. R$ 4,00 na bicicletaria do
 bairro. Não recomendo utilizar com aros de lateral usinada.


Nenhum comentário: