Pesquisar este blog

Translate

26 de mar de 2011

Pista olímpica de Londres, 2012 - MTB


Bah!!! fiquei zonzo ao assistir algumas partes deste vídeo!!! A pista carece de mais árvores, na minha modesta opinião. A de Pequim me parecia mais técnica do que esta, mas gostei, assim mesmo.


24 de mar de 2011

Ultra leve!!

Taí, para quem não tem restrições orçamentárias, um cassete de 10 velocidades, sob medida e com pouco mais que 60gr!!!!!


O "cliente" não se importou com a durabilidade, conforme as palavras do próprio fabricante...

A peça é confeccionada em carbono e alumínio especial. Nem consigo imaginar a utilidade de um componente deste tipo - fora baixar o peso a níveis impensáveis.

23 de mar de 2011

Vai uma bicicleta de plástico ( MESMO!!!) aí!?!?!?



Ok, desta vez não é brincadeira...








Uns malucos engenheiros aero espaciais desenvolveram este protótipo de bicicleta que pode ser inteiramanete produzido (fora pneus e correia...), literalmente do pó, pelo sistema de sinterização. O bikeradar tem a reportagem completa.

O intuito é demonstrar as possibilidades do processo - que prescinde de molde carésimos, máquinas CNC e desperdícios de material absurdos, presentes na confecção de peças a partir de ligas especialmente resistentes hje em dia;  e do material, dito mais resistente do que o aço. 


A se ver!! Mas concordo que a idéia de se produzir rapidamente peças exclusivas e customizadas muito me atrai. Há tempos venho idealizando componentes que me satisfariam melhor do que o que encontro no mercado...o problema é sempre a fabricação.

22 de mar de 2011

Vai uma bicicleta de plástico aí?!?!?!


Esta beleza daí é uma BMC Impec. Dita uma, senão a mais avançada do mundo. Para mim parece mais uma bici de brinquedo...feita de plástico. É isto  que a fibra de carbono é: um plástico termofixo.


Aqui tem um review completo da bike e mais fotos exclusivas.


O caminho de mercado escolhido pela BMC foi o do design e, nisso, acho que o pessoal da engenharia se superou, pois a bici é muito legal mesmo!!! Parece até um Transformer, hahaha!! Outras fabricantes optaram pela caminho da aerodinâmica. Tudo isso são apenas estratégias de marketing, muito fortes, por sinal - senão, de que modo se vende uma bici que custa U$ 15.000,00??

No fim tudo serve para vender novos produtos. Se esta bici entrega tudo que promete? Nunca saberei, pois com o dinheiro eu faria algo mais útil. Fato é que o marketing das fabricantes é sempre cheio de números para enganar os trouxas informar o consumidor.


É sempre assim: " A nova ......é 30% mais rígida do que ........" ou " tem x% mais compliância vertical que....." seja lá o que significa a tal compliância.




Pelo outro lado, os que investem na aerodinâmica vem com um papo furadíssimo, de que o "...novo modelo da...... tem um CX de Y%, o que garante um ganho de 0,000027 segundo por Km, num TT de 120Km..." e assim por diante. 


Como sempre, acredita quem quer, pois como sabemos, o que conta é a"perna" que o cara tem, o seu posicionamento na bicicleta e o seu condicionamento físico, etc, etc. 


A bicicleta é apenas mais um elemento na complexidade do conjunto ciclista + bicicleta e, claro, os detalhes técnicos são importantes, para bem e para mal, mas bici não fica em pé sozinha...


Eu prefiro dizer que compro uma bici por que a achei "legal", ou "bonita", ou "barata". Isso me basta.









10 de mar de 2011

Se você constrói uma bici, é para ela ser admirada!!!

Depois de construir esta bicicleta inspirada, o autor ainda humilha os seus leitores viajando até Manchester, vai ao velódromo histórico da cidade e quem ele encontra por lá?!?!?!

Chris Hoy (esq) e Graeme Obree(dir).
fonte: http://www.fixedgear.se/forum/viewtopic.php?f=1&t=6007&start=840 



8 de mar de 2011

Pneu novo

UPDATE


Primeiro furo neste pneu!!! Nem uma semana de uso e já furei-o!!


Certo, eu estava num "downhill" a uns 40Km/h em piso de pedra irregular; Só houve um Pauffffff, seguido pelo característico Pfssss______Pfssss_____Pfssss.


E era isso. Talvez seja apenas azar, mau agouro, estatísticas... :-)






Finalmente terminou minha busca! Parece incrível, mas simplesmente não há opções de pneus urbanos para aro 26". Ou é liso ou é cravudo, não há 1/2 termo.


No final das contas - bem salgadas, por sinal, acabei comprando o Panaracer das fotos que seguem, o que mais se aproximou das minhas expectativas. O pneu vem na medida 26" X 1.5,  a mesma do meu Kenda traseiro. Assim a bici ficou mais equilibrada no visual, sem perder nada em termos de desempenho, até o momento.


A parte negativa ficou por conta da perda de parte do conforto - o pneu anterior era 26" X 1.95 e era calibrado com não mais que 30 PSI, o que dava muito conforto na dianteira.


Este novo, tenho que rodar com pelo menos 35 PSI para que ele não fique murcho, daí  sentir muito mais as irregularidades do terreno. Ainda assim, o desconforto está dentro dos meus padrões de aceitabilidade.




O novo pneu tem o perfil bem mais esbelto do que o 1.95 anterior


Taí: nem liso, nem cravudo; um meio termo para todo terreno urbano


As ranhuras, bem detalhadas. A aderência é muito boa, tanto no asfalto quanto em pisos irregulares




O pneu anterior, original da bici (10 anos de uso!!!)
O que motivou a troca, foi, essencialmente, o fato de que o pneu anterior já estava no limite de utilização. Não pelo desgaste, mas pela degradação da borracha, pontos de rompimento da malha, rachaduras externas e ondulações em calibragens mais altas, que prejudicavam a rodagem, tornondo a pedalada irregular e até perigosa, por depreciação da frenagem.




Note-se as rachaduras: algumas partes da banda já estavam se descolando da malha
A única dificuldade que me sobreveio foi a incompatibilidade da câmara 26 X 1.95... tive que comprar uma 26 X 1.5. Estranhamente, o pneu traseiro, que utiliza a mesma medida deste pneu novo, funciona normalmente com a câmara 26 X 1.95!!!
Medidas incompatíveis...Esta virou reserva da traseira


Novo visual da bici. O para lama dianteiro sofrerá ajustes para se adequar mais harmonicamente ao novo pneu