Pesquisar este blog

Translate

28 de out de 2008

Audax numa "singlespeed" - parte II


Até onde eu saiba, a minha foi a única bicicleta com uma única marcha a completar essa prova...Aqui vai uma foto da mesma, com as especificações:
- Quadro - Caloi, original Caloi 12, tamanho 56, aço-carbono

- Rodas - Originais Caloi 12 - cubos Sansin (japoneses!!!), aros Araya 27 X 1 1/4, raios de aço; pneus Kenda 27 X 1/4; câmara idem
- Roda livre, sem marca definida, 18 dentes
- Corrente "grossa", sem marca

- Pedevela Shimano RX 100, coroa idem - 42 dentes

- Pedais Odissey, alumínio
- Mesa Trans-X inversível, 100mm
- Guidão "speed", sem marca, cortado e invertido tipo "bullhorn"

- Manetes de freio, Shimano RX 100
- Paralamas sem marca
- Freios tipo BMX marca Alhonga, em alumínio

- Canote original da C 12
- Selim VeloPlush

Além disso, foi instalado um bagageiro frontal, que tem muita utilidade na cidade também.

16 de out de 2008

Torne-se o Ás das rotas!!

Tem dias em que você se encontra mais "pensativo" durante o pedal... Numa dessas, me distraí, para em seguida retornar à realidade com o xingamento ou barbeiragem de algum motorista (ou suicida, como queiram).

Percebi, então, que havia perdido o maior e primeiro mandamento do ciclista urbano: "TE DESLOCARÁS DO PONTO "A" AO PONTO "B" EM ABSOLUTA SEGURANÇA (E RETORNARÁS INTEIRO PARA TUA MULHER E FILHAS)". Percebi que o meu trajeto diário, bastante econômico em termos de tempo, vinha sendo causa de estresse por conta do excesso de cuidados necessários para utilizá-lo. Há méritos, sim: asfalto bom, trecho plano, avenidas largas...porém tudo isso também atrai, como moscas, os automóveis.

Decidi testar um outro trajeto: tempo de deslocamento maior, mesmo com o trajeto sendo mais curto; asfalto ruim, ruas mais estreitas, e tadam!! no trecho de avenidas, corredores de ônibus (não, eu não trafego neles...). Esse último fator tem se mostrado a chave de ouro dessa rota, pois nunca ou quase nunca tenho que disputar espaço com ônibus, nem me preocupar com as paradas dos mesmos, como ocorria no outro caminho.

No geral, a experiência tem sido totalmente positiva, pois uso mais ruas locais, onde há pouquíssimos automóveis, e quando há, estes são obrigados a transitar a não mais que 40 km/h (na outra opção, geralmente estavam à 60km/h).

E, melhor de tudo, esse trajeto é muito mais divertido do que o anterior. Tem pequenas subidas, pequenas descidas, travessia sobre meios-fios, tangente de praças...etc

10 de out de 2008

Audax numa "singlespeed" - parte I


Ah, poisé: tornar-se um "blogger" exige uma certa disciplina... andei muito INdisciplinado, mas vou recuperar o tempo perdido...
Só para começar a "recuperação", vão aí umas fotos do Audax do qualparticipei tempos atrás. Os detalhes do relato virão depois.

Nessa foto aí, estou no PC (Posto de Controle), após o almoço, me preparando p/ a volta...




Essa outra foto dá uma vaga idéia do que era o asfalto, a largura do acostamento e a paisagem predominante.
















Bom, abraços e quer tiver paciência aguarde a próxima postagem.

13 de ago de 2008

Vou no Audax 200k!!

É neste sábado, dia 16 de agosto... Espero que não dê "ciclone extratropical" nem raio nenhum!!

Vou com a minha C12 42X18. A coitadinha tá toda desmontada, por conta de um projeto de reforma, que deve ser adiado, pois a bici tem que estar montada antes da 6ª à noite.

Não estou com muitas expectativas, fora que terei que me deslocar pedalando até a ETA em Viamão, ehá uma subida casca-grossa no caminho, hehe!!!

4 de ago de 2008

Segunda-Feira

Ora, a melhor coisa que um ciclista pode ouvir numa segunda-feria pela manhã, ao chegar no local de trabalho pedalando é: "Esse é o meio de transporte do futuro!!".

Foi exatamente o que ouvi, de um senhor com farda da Brigada Militar há instantes atrás (para quem não é Gaúcho: Brigada Militar = Polícia Militar). Esse tipo de manifestação me faz ter a certeza de que estou no caminho certo.

Abraços

31 de jul de 2008

A diversão do dia!!

Hoje tive a oportunidade de rodar lado-a-lado com um ciclista de verdade! Sim, nada desses "pica-paus" que, como eu, vez ou outra encostam para um "pega" entre os carros.
O colega rodava em uma Cervélo P2 ou P3, própria para triatlo, enfim uma máquina. E eu com a minha C12 convertida em 42 x 16. Rodando a uns 32 Km/h (velocidade estimada...), o cara nem fazia força, enquanto eu quase enfartei!!!
Foi divertido, e deu p/ sentir a diferença que faz treinar de verdade, ao invés de rodar uns km na ida e volta trabalho/casa.
Ou será que não... pois o colega bem que ficou na minha roda. Se quisesse, poderia ter me "colocado no bolso" a qualquer momento!

29 de jul de 2008

Chove lá fora...

Hoje me vi obrigado a engrossar as fileiras inimigas, ou seja: me transformei em motorista de automóvel. É claro que tenho carteira, sei dirigir e tudo mais. O fato é que a condição meteorológica extrema não dava muitas margens à opção bicicleta.
Não está seguro nem para os automóveis, tal a chuva aqui em Porto Alegre. Não por molhar-se, mas o fato é que não dá para descobrir o que há por baixo de cada lâmina d´água no caminho. Geralmente é um buraco...
"Anyway", fui pensando e observando o comportamento dos meus "vizinhos", cada qual socado em seu veículo particular e cheguei a uma conclusão fatal: o sonho de uma cidade/estado/país que valoriza a bicicleta como meio de transporte está mais longínquao ainda do que eu pensava.
Isso por que mal as pessoas sabem dirigir seus automóveis... Acreditem, há pessoas que mantém seus faróis apagados, mesmo que a visibilidade seja equivalente à do entardecer durante todo dia. Quando dirijo automóvel, nem me passa pela cabeça de sair da garagem sem antes ligar as lanternas. Isso em dias ensolarados.
Assim, imagine-se esse tipo de pessoa, sem instinto ou educação de auto-preservação, rodando sobre duas rodas...Não passariam da esquina, é triste concluir. Convencer esta massa ignorante sobre como se portar nas ruas é uma tarefa para muitas gerações. Então, vamos em frente, pois há muito trabalho a ser feito!!

28 de jul de 2008

Presente de Aniversário!!

Taí!! Minha Esposa (Muito obrigado meu Amor!!! ) me presenteou com esta excelente lanterna.
O Design é muito bom e bonito, também (apesar de gostar do look industrialzão da lanternas tradicionais...me amarrei nessa!!), se adapta a qualquer guidão. A luminosidade (50.000 Mcandelas - seja lá o que isso significa...) também é muito boa e possiu três alternativas de uso:
- Lanterna;
- Pisca "aloprando" (para usar quando o trânsito estiver pesado);
- Pisca "lento" - o suficiente para ser visto por qualquer pedestre desavisado, num intervalo de + - 1/2 segundo.
Tem outros modelos, todos voltados para um uso mais urbano, por assim dizer. só olhar na página.
OBS.: Não recebo "jabá" de ninguém!!!

24 de jul de 2008

...Muitos links

Quem já andou por aqui percebeu que estou "populando" o blog com alguns dos centenas de favoritos que acumulei ao longo dos anos navegando na rede. E virão muitos mais, é só ter paciência...

21 de jul de 2008

Motivação = Diversão!!

Não me considero um "Ativista" da causa ciclística. Não integro nenhum grupo organizado, nem nada. Não tento convencer ninguém a largar tudo e montar numa bicicleta.
Mas não perco a chance de informar, às pessoas que se interessam, sobre como é bom pedalar.
A minha motivação é uma só: DIVERSÃO. Pedalar e fuçar nas bicicletas é muito divertido. Poderia citar os "n" benefícos físicos, econômicos e ambientais pelos quais prefiro usar a bicicleta nos deslocamentos habituais, fins-de-semana, etc e talvez faça isso - em outras ocasiões.
Mas a grande verdade é o que disse acima: é divertido, ponto!